sábado, 3 de abril de 2010

Entrevista precoce

Entrevistas são daquelas coisas que os cursos que "preparam para o mercado" ignoram completamente, mesmo sendo fundamentais para o sucesso de uma carreira.

Um fator crítico é não ser franco demais. A verdade é que os candidatos vestidos de terno têm mais sucesso que os de bermuda. E os penteados mais que os descabelados.

Pois, certa vez tive que enfrentar a franqueza desconcertante de uma bela entrevistadora. Assim que entrei na sala, ela informou:

"Já preenchemos a vaga, só queríamos conversar contigo."

Passei meia hora pensando se deveria convidar a moça para alguma coisa depois do trabalho. Afinal, estávamos lá só para conversar. Meu instinto profissional prevaleceu e eu mantive a conversa séria.

Pensando bem, não sei o que ser profissional tem a ver com convidar uma mulher bonita para um encontro. E eu nunca cheguei a trabalhar naquela empresa mesmo. Então, a lição fundamental deste evento é:

Se a entrevistadora for interessante, não hesite em convidá-la para sair.

Pronto, isso não ensinam na faculdade.

Um comentário:

Flávio disse...

E se perguntarem uma característica ruim, diga sempre "às vezes, acho que me dedico demais ao trabalho..." :)