terça-feira, 17 de junho de 2014

Criptodicas de português

O assunto que eu mais sofria para estudar no colégio era português. Hoje, percebo que a culpa era da maneira como o assunto foi apresentado. Os professores, ruins ou bons, simplesmente não tinham noção sobre como apresentar os temas de maneira interessante.

Os acentos, por exemplo, só percebi como são simples muito tempo depois. O problema é que as regras são apresentadas sem estrutura. É um amontoado de regras sem hierarquia ou fio condutor. É como ensinar geometria sem apresentar os postulados. Acentuação é simples: há uma tonicidade comum e os acentos mostram quando as palavras desviam dessa tonicidade e as coisas que mudam a tonicidade são...

Resolvi transformar isso numa brincadeira e criei criptodicas de Português. São dicas intencionalmente obtusas, confusas e divertidas.
  • Peru tem acento, pero não no Brasil
  • Cu não tem acento, mas curte um assento
  • Por que não acertam os porquês? Porque não estudam? Por quê?
  • A aranha ateia ateia a teia lindeira
  • Fui a casa, mas não à casa da mãe Joana
Se é para confundir, que seja com estilo!

Nenhum comentário: