domingo, 24 de outubro de 2010

Campeonato mundial de jogos

Os jogos de computador estão ficando realistas demais. Acho que estão deixando de ser jogos para se tornarem simulações. E a criatividade está diminuindo; imagino que os desenvolvedores gastem tanto tempo aperfeiçoando os detalhes e efeitos realistas, que não têm tempo para a criatividade.

Então, proponho separar os jogos por categoria, a fim de realmente aferir a habilidade técnica e a criatividade dos programadores. Eu imaginei algumas e já aproveito para premiar os melhores jogos em cada uma.

A primeira é a Mosca. Nessa categoria, o cidadão tem que ter menos memória que a necessária para armazenar uma tela do jogo, não importa a resolução. E o ganhador é Thrust para o Atari 2600. O Atari tem 128 bytes de memória e os programas normalmente têm 4KB ou menos, mas podem ser maiores se o ROM for paginado (porque o Atari só usava 12 linhas de endereçamento). Esse jogo foi originalmente escrito para o BBC Micro e rodava sobre 32KB. Ele simula a física muito bem e isso já seria impressionante se, adicionalmente, um alemão chamado Thomas Jentzsch não o tivesse portado para o Atari. O jogo, ademais, foi portado apenas em 2000, muito depois do fim do sucesso comercial da plataforma.


A segunda categoria é a Galo. Nessa categoria incluo todos os jogos escrito para micros de 8 bits. Eu escolhi um grande campeão: Elite. Esse jogo necessitava de apenas 32KB e foi uma revolução porque, além dos gráficos em 3D incríveis (com eliminação de faces ocultas), foi dos primeiros a ter conteúdo proceduralmente gerado. O universo de Elite consiste de 8 galáxias com 256 planetas cada uma. O jogo foi planejado com um número muito maior de planetas, mas a editora achou que as pessoas não iam acreditar que um micro de 8 bits pudesse gerar tanta complexidade. Ele foi lançado em 1984 (depois de dois anos de desenvolvimento) e portado para quase todos os micros da época.


A categoria Pena abarca os jogos escritos para micros de 16 bits. E o campeão é o Another World do Amiga. Ele já representa um grande salto em relação aos jogos de 8 bits, porque o Amiga tinha hardware gráfico avançado e muito mais memória (512KB, pelo menos). A grande inovação foi o uso de efeitos cinematográficos; era quase como participar de um desenho animado. O jogo foi lançado em 1991.


Uma prova de que esses jogos eram realmente bons é que os três foram portados para várias outras plataformas. Nenhum deles foi tão copiado como o Elite, mas todos tiveram muito sucesso.

A programação de jogos costumava ser feita por uma ou duas pessoas. Hoje em dia, os estúdios têm dezenas de pessoas e os lançamentos custam milhões. Com tanta responsabilidade, talvez as empresas não queiram correr riscos e por isso relançam os mesmos jogos ano após ano (quantos jogos de futebol ainda precisamos?). Por sorte, temos os emuladores para reviver os bons tempos!

Um comentário:

Marcus Aurelius disse...

A salvação deve estar nos jogos casuais, hehe. Não que eles ocupem menos de 1 MB, mas pelo menos parecem ter uma ênfase maior no jogo.

Hmmm... Faz tempo que não visito o nitrome.com
Tenho que ver se tem alguma novidade boa lá :-)

E criatividade é pra poucos mesmo. Não é todo dia que surge um gênero novo.