quarta-feira, 24 de abril de 2013

Novas mídias, velhos problemas

Algumas pessoas têm extrema dificuldade de comunicar-se. Recentemente, por exemplo, um senhora estava trancando a entrada do meu prédio enquanto balbuciava "não sei se é por aqui". Perguntei, solicitamente, aonde a senhora desejava ir. A reposta foi uma hesitante "minha irmã". Prontamente, desisti. Algumas pessoas, simplesmente, não conseguem comunicar-se com eficiência.

Há poucos dias recebi por email um boletim que consistia de um arquivo PDF. Exceto pelos símbolos e informações institucionais, o PDF continha apenas um link para o Twitter. No Twitter, havia um link para uma página e nesta página estava, finalmente, o artigo. Este artigo, por mais difícil que possa ser acreditar, estava guardado dentro de um arquivo PDF.

Esse tipo de coisa, tenho certeza, exige um trabalho colaborativo. Uma única pessoa não seria capaz de formular uma forma tão obtusa de comunicação. Ou talvez aquela senhora conseguisse.

2 comentários:

Anônimo disse...

'Beware of the Leopard ...'

Marcus disse...

E-mail → PDF → Twitter → Página → Outro PDF. Hahahahaa, sei bem que e-mail foi esse, e não foi a primeira vez.

E, se não ficou claro ainda, tem que lembrar se a pessoa não for ao Twitter logo após ver o e-mail, pode ser que não encontre mais o link relevante, já que o link não era especificamente para o pio em questão (uma twitada é um pio, não é?).